É preciso provocar sistematicamente confusão. Isso promove a criatividade. Tudo aquilo que gera contradição, gera a vida.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Porque Gostar Assim?

Gente, vocês tão assistindo "Caminho das Índias"? Bom, aposto que vocês estão prestando muita atenção na Norminha, uma das personagens mais engraçadas - e mais sacanas - da TV atual, né? Aí tem aquela musica (Você não vale nada mais eu gosto de você) que já não sai da boca do povo. É, e essa personagem de Dira Paes, apesar de ser ficção, podemos encontrar muitas Norminhas por aí. (E Norminhos também.) Não esquecendo os Abels.
É possivel encontar milhares de situações como está por ai no mundão de (pessoas que se apaixonam por alguém que não vale a pena.) Ou pessoas que são capazes de se submeter à qualquer posição e situação simplesmente para ficar junto de alguém. Na trama, por exemplo, encontramos outro caso. O caso do Ramiro e da Melissa... Em um dos capítulos, ela disse que nunca devemos se afastar do marido, mas sim a amante do marido. (Difícil, né?) Para nós, que vivemos na "vida real", essa situação para muitos (inclusive para mim!) pode não ser tão simples assim. Afinal, dependendo do grau do nosso sentimento o chamado amor para com alguém, nunca é fácil aceitar dividí-lo com outra pessoa, ou até mesmo se humilhar só para estar junto dessa pessoa.
Mais estranho do que possa parecer, mas é normal se apaixonar por alguém que não te dê valor, ou o valor que você merece. (Aliás, é MUITO FÁCIL se apaixonar por alguém assim.) E você sabe por que? Porque nós gostamos de ser desprezados. Mas não por ser mazoquistas (E sim pelo simples ego, sim o orgulho de não aceitar derrota!) Parece que é uma sina de todo ser humano. E isso geralmente pode ser mais acentuado na primeira relação. Quanto mais a outra pessoa ser "desligada" com a gente, mais a gente quer ficar com ela. Por todo um processo de valores, ou por algo que a psicologia seria ótima para explicar, nós agimos desta forma. Principalmente ou primeiramente pelo velho e tão usado ato de insistir.
Por mais que essa pessoa não vale nada e não te dê valor, se ela está com você, (ela sente algo de especial, é claro.) Mesmo assim (acredito eu que não vale jogar tudo para o alto por causa dessa sensação, não.) Pra mim, quero sempre acreditar que todo mundo é capaz de mudar, capaz de se apaixonar de verdade, de refletir sobre o seu jeito. (Mas, não vale viver na sombra de uma pessoa, esperando que esse grande dia chegue!) O ideal é que você sempre mostre o que você sente e, o mais importante, o que você quer da pessoa. Talvez assim, desde o começo da relação, ela possa deixar bem claro pra você o que ela está prestes a abrir mão ou não por você e pela relação. (Daí pra frente a escolha é sua) porque não se pode esquecer que a vida também é sua (E quem vai sofrer se tudo der errado também será você.)
Toda relação é complicada, né? Por isso nós precisamos sempre estar expondo nossas vontades, nossos interesses, nossos limites e possibilidades, para não acabar brigando por baboseiras. É assim que a gente pode tentar fazer as coisas funcionarem melhor.

Mas diz aí: você já gostou de alguém que não valia nada? Comente!

61 comentários:

Brigadeiro 7 de setembro de 2009 20:27  

Hehe, também sou Ser Humano. E como tal também já quebrei a cara com esse lance de gostar de quem não gostou de mim (Pelo menos não como eu gostaria!) Mas, hoje tento (Porque nem tudo é fácil) Não tratar com privilégio quem me trata como opção... Amor próprio em primeiro lugar é o Há...

eduardo,  8 de setembro de 2009 12:24  

e ai linda se ta bem? saudades de vc espero que continue sempre esta pessoa maravilhosa que vc e saudades bjus

J.F. Marques 8 de setembro de 2009 14:36  

Primeiro respondendo a pergunta, já amei quem não valia nada, e se até aqui ainda não tivesse amado/gostado, um dia - quase que certamente - iria acontecer, pois todos nós estamos sujeitos a isso.
Concordo muito com o seu texto, acho que temos que mostrar o que sentimos e mostrar o que queremos da pessoa, assim facilita muito mais o relacionamento. Incluo também que nós temos que ser a mudança que queremos, não adianta largar e partir pra outra, se pra sempre vamos ficar correndo dos problemas.
Parabéns pelo seu blog.
:)

Rendson Campos 8 de setembro de 2009 14:38  

gostar de alguem que não dá valor a gente é algo meio complicado, já passei por isso e agradeço que não tenha dado certo, ia ser só mais perda no final das contas.Gostei do seu blog, abraços.

Kelly Christi 8 de setembro de 2009 14:46  

Acho que todo mundo jah teve um amorzinho assim, mas faz parte... rsrs no fundo sao paixonites que um dia esfriam...

bjitos

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

Rosy 8 de setembro de 2009 17:51  

Complicado né? Tem aquela teoria que nós seres humanos somos tendenciosos a dor. Gostamos da auto piedade. Deve ter fundamento pq vemos tantas, mas tantas pessoas se submetendo a outras para se sentirem melhores que dá até enjôo ver. Mas que a verdade seja dita né?
Tem pessoas que se vêem impossibilitadas de ser felizes só, consigo para depois ter alguém. Buscam incasavelmente a felicidade nos outros não importando o preço a pagar. E quanto a "Melissa" quase ñ existe rsr ele é na verdade oportunista. O marido é seu porto seguro e é lógico que ela irá fazer de tudo para guardar seu carro-forte rsrsr.

well,  9 de setembro de 2009 12:38  

é Verdade..por isso que eu judio primeiro, para nao ser judiado hauahua

LADY DARK ANGEL 9 de setembro de 2009 18:17  

MEU CASO E OPOSTO
NUNKA ME APAIXONEI
AFFS O VIDA CONTRADITORIA

C. 9 de setembro de 2009 23:32  

Eu quando gosto de alguém...Gosto ao ponto de querer me dedicar totalmente a pessoa. Ser boboca,cafona e realmente até uma pessoa chata.
Mas acho q sei valorizar como mts nao valorizariam e é uma pena que alguns não tenham visto isso...

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Anônimo,  9 de setembro de 2009 23:50  

Tah lindOooOooo coisinha...

BjinhOoOoo's

Nicole Rodrigues 10 de setembro de 2009 08:47  

Pois é... muito complicado isso de gostar de alguém que não valoriza a gente. Acho que todos nós em algum momento da vida já passamos por isso. Mas acho que essas situações devem servir para nos fortalecer, e não para nos jogar para baixo. A gente acaba aprendendo com a vida a identificar esses tipinhos e acaba se afastando deles.
Parabéns pelo blog! Visite os meus também:
http://lugaresromnticosquejfui.blogspot.com/ Um blog com dicas de lugares interessantes para serem visitados a dois.
http://pensieriidee.blogspot.com/ Um blog crítico sobre as notícias do dia-a-dia e o mundo ao meu redor
Meu twitter: http://twitter.com/Nicoledlr siga-me se quiser!!
Abraços,
Nicole.

Rafael Portillo 10 de setembro de 2009 08:59  

Neste caso eu abro uma ressalva no seu texto. De acordo com os dois exemplo da novela que você citou, a Norminha e o Ramiro, em nenhum momento se define que eles não gostam de seus respectivos companheiros.

Basta ver que a Norminha sempre tratou bem o Abel, sempre foi a mulherzinha dele. Ela simplesmente não conseguia ficar sem trai-lo.

O mesmo caso é do Ramiro. Ele sempre foi companheiro da Melissa, mas ele não é tão paciente com suas extravagancias, além de ser um grande mulherengo.

Neste caso podemos ter duas conclusões de acordo com a novela:

a) As mulheres 'perdoam' a traição mais do que os homens - e preferem se vingar nas amantes

ou

b) É mais fácil perdoar um traição que não se torna publica - como no caso do Abel.

No fim, termino com uma conversa do Dr. Castanho para Suellen, para que vocês possam refletir:

"Acho que seu Abel estava mais feliz quando não sabia da traição, não é neguinha?"
"É. Verdade..."

Arthur A. Melo. 10 de setembro de 2009 09:10  

A Norminha é muito engraçada.
Bem, quem ama, não ver os erros do amado,
apenas ama.

Adm. Marcelo Leite 10 de setembro de 2009 09:18  

É complicado assuntos do coração!
Rs...
Não me envolvi que ninguém assim,
mais não julgo quem já se envolveu.
Bjo querida
Sempre com posts bons.

Kamila 10 de setembro de 2009 09:36  

Obrigada pela visita no meu blog!! serei sua seguidora com certeza!! respondendo sua postagem ... q situação dificil essa da Norminha, Abel.. Ramiro e por ai vai minlhares de casais no mundo parecidos.. enfim.. acredito no AMOR verdadeiro mesmo, aquele que ama não trai! nao estou me fazendo de santa! todos nos temos nossas falhas, mas se vc nao tiver força d vontade para fugir da tentação vc cai mesmo na traição sem dó por mais q goste do seu parceiro(a) o lance é ficarmos atento e pesar na balança se vale a pena fazer isso! na minha opinião não vale! vale terminar e fazer o desejo de suas vontades!!! bjaoOO

Lizandra ♥' 10 de setembro de 2009 09:42  

PAAAARABÉNS , seu blog é ótimo . Não e igual aos outros blogs que tem por aí que naao falam nada de interessante , já o seu tem textos maravilhosos para refletir e nos ajudam muitoo . Continue sempre assim , gostei tanto que virei sua seguidora . rsrs -
sem quiser entrar no meu blog , virar minha seguidora ou comentar , aqui está ele : http://liiihamorim.blogspot.com/

MAAAAIS UMA VEZ PARABÉNS , ADOREI ELE !!!'

Beijos Linda :D

Tadeu 10 de setembro de 2009 09:59  

a norminha conseguiu virar um personagen de comedia, mais na vida real não seria bem assim...

Ronei Vieira 10 de setembro de 2009 11:28  

Já passei por isso de estar com alguém que não valia nada... mas felizmente não deu certo...

http://roneivieira.blogspot.com/

Murilo F. Souza 10 de setembro de 2009 12:05  

gostei do blog :D
até mais sz

henrique menna 10 de setembro de 2009 12:06  

oi, ja passei isso tambem, é uma droga mesmo,
você tem um otimo blog continua assim, quando de da uma olhadinha no meu ta!
http://henrique199.blogspot.com/

Manuh 10 de setembro de 2009 12:11  

Oiee
adorei o post.... mto bom mesmo.
E o legal é ressaltar q a novela aborda temas reais do cotidiano...

Bjoos

Nando! 10 de setembro de 2009 13:21  

Esse lance de gostar de quem não gosta da gente!
Amar ao outro, mais do que a si mesmo...
e tals...
São coisas dificeis, e pra julgar a atitude do outro também não dá, pois cada um vai tentar algo que seja bom para o mesmo...Enfim, ser humano é mto complicado!

Igor Pinheiro 10 de setembro de 2009 13:23  

Ah, nunca gostei de alguém que não valesse nada, que me desprezava, realmente, todo mundo passa por isso, mas é assim mesmo. A gente tambpem, inconscientemente, deve desprezar alguém que gosta da gente, enfim...

Sim, o mundo está lotado de Norminhas e Abels.
Parabéns pelo blog, fui...

Seu Zé 10 de setembro de 2009 13:31  

Eu acho que essa novela dá alguns maaus exeplos é muita traição, fofoca, acho que o povo deveria ter algo menos apelativo

Gabriel dicas 10 de setembro de 2009 13:34  

foda
shaushuAHSua
comenta no meu blog www.gavrielalon.wordpress.com

Lucian 10 de setembro de 2009 13:57  

LOL Muito bom o texto.
Resposta da pergunta... SIM

Por isso q hoje eu só fico xD

Weverton Guedes 10 de setembro de 2009 14:03  

O fato de está relacionado à uma pessoa já é um desafio, pois cada pessoa tem suas características, gostos, opiniões, valores, etc.
O grande problema é conseguir se adaptar à outra pessoa.
É realmente muito complicado.
Respondendo à sua pergunta: Já me relacionei com uma pessoa que não posso dizer que não valia nada, mas sim as características controversas faziam com que nosso relacionamento não valesse nada.

Deni Maciel 10 de setembro de 2009 20:28  

uahsuashuas jamais entenderei uma pessoa q passa por uma humilhaçao pessoal e publica.
e ainda volta prakilo.
se nao fosse novela..
a norminha tbm nem é tão especial assim.
desprovida de inteligencia..
de beleza facial..
dona d um belo corpo e bm cuidado mas nada mais.
mas a convivencia tbm pesa.
o cara senti muita falta da mulher
por mais maldita q ela seja
ela tratava com carinho dos chifres do amado
kkkkkkkk;;;

e novelas nada mais são q um reflexo da vida real....ou seja....há muitas norminhas por ai..por aki...e por todo pais...

abraço
ótima quinta
e nao sou parlamentar mas voltei do recesso ..
o//
Feliz dia da labirintite
representado pela Sta. Vanusa límpida pela própria natureza.

SERJAO_O_MARMANJJUS 11 de setembro de 2009 00:54  

eu mesmo já me encantei por uma "norminha" dessas que se oferecem pra vc e fazem sua vida virar um inferno,
mas graças a Deus, estou livre.
coisa de novela? nada, a vida real é a inspiração pra arte, esse tipo de norminha existe e muito no mundo todo.
e os abel, que ficam de mãos abanando.


dá uma passadinha aqui ó,
Marmanjjus
tem um selo pra vc

Nova Quahog 11 de setembro de 2009 12:28  

SEI LÁ, JUSTAMENTE PQ NAO CONTROLAMOS SENTIMENTOS...E QUANDO GOSTAMOS NAO IMPORTA O CARATER DO OUTRO MUITO MENOS SE ELA GOSTA DA GENTE...

Nova Quahog 11 de setembro de 2009 12:28  

PRA DIVULGAÇÃO DE BLOGS:

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=93937074

•○• Belle •○• 11 de setembro de 2009 19:38  

eu nunca amei quem não valia nada....
ainda bem neh..
mas não sei como o povo tem coragem de fazer essas coisas com os outro.. é uma coisa q eu realmente não entendo..
adorei aki..
bjussss

Sexo verbal 11 de setembro de 2009 20:01  

vlw pelo coment.. [É verdade tem muita norminha poraí, e a verdade é: que nós todos devemos ter o nosso orgulho e amor próprio e pensar nas condições a que submetemos antes de ter que aguentar uma situação dessas num relacionamento que nos fixamos para ser felizes e não para alguentar alguem que pisa em nosso ego! beijãão sucesso aí no blog

Brigadeiro 12 de setembro de 2009 12:49  

Obrigada SERJÃO pelo selo ja peguei .......

Bjs

Gabriel dicas 12 de setembro de 2009 17:36  

gostei do texto muitobom.
www.gavrielalon.wordpress.com visita meu blog

SERJAO_O_MARMANJJUS 13 de setembro de 2009 07:18  

oi, olha eu passando por aqui de novo,

Bruno,  13 de setembro de 2009 14:04  

Entre as diversas formas de mendicância, a mais humilhante é a do amor implorado.

Sem amor por si mesmo, o amor pelos outros também não é possível. O ódio por si mesmo é exactamente idêntico ao flagrante egoísmo e, no final, conduz ao mesmo isolamento cruel e ao mesmo desespero.

Rosa,  13 de setembro de 2009 14:07  

Algumas pessoas têm amor por você, outras têm raiva. O que sentem nem sempre depende de seu comportamento. As reações delas às vezes são justas, outras vezes são injustas. Dê sem contabilizar. E esteja atento às necessidades delas.

Rodrigo,  13 de setembro de 2009 14:48  

A Norminha, é do tipo que arranca cantadas ousadas por onde passa. Não é difícil entender que uma mulher sensual vestida com roupas justas desperte tantos suspiros masculinos ao seu redor. Ela, no entanto, tem sua parcela de culpa nisso. Sempre que tem a oportunidade, insinua-se para os vizinhos com seu rebolado e olhares maliciosos. Tal comportamento denuncia uma falta de amor pelo marido Abel.

Pra mim, "Quem ama de verdade não pensa numa terceira pessoa"

Carlinha,  13 de setembro de 2009 14:55  

Não, e ainda ela jura ser apaixonada pelo marido. E Tem a cara de pau de dizer, que não o trocaria por homem nenhum. Mas, as suas investidas em novos affairs são freqüentes e quase incontroláveis. "A Norminha tem a ilusão de enganar o marido e também os outros",

Vitória,  13 de setembro de 2009 15:05  

As atitudes de Norminha, visam a atender seus impulsos sexuais, ou seja, o foco é satisfazer a vontade em detrimento do respeito a Abel.

"Ela expõe o parceiro ao ridículo ao colocar na prática uma fantasia pautada na atração sexual por outro homem, Isso não é amor, pois esse sentimento inclui o cuidado pelo outro...

Danilo,  13 de setembro de 2009 15:12  

O policial é cego de amor por Norminha. "Ele é um homem carente que precisa da atenção da mulher. E quando Norma o agrada, ele não consegue prestar atenção no comportamento contraditório dela, esse casal tem um casamento falso pautado numa imagem que não corresponde à realidade.

Luís,  13 de setembro de 2009 15:18  

Concordo com o Danilo...

Na verdade, eles são um casal de inseguros. Ela é insegura pela aparência e necessita de olhares constantes; ele precisa de atenção a toda hora...

Brigadeiro 13 de setembro de 2009 15:30  

Galerinha ai em cima tá mandando ver, heim... Tô gostando de ver o ponto de vista de vocês... Na minha opinião.

Norminha e o Abel mostram a fragilidade das relações atuais. As pessoas têm um compromisso a dois, mas querem levar uma vida de solteiro "Isso se deve à procura pelo prazer imediato e pela satisfação pessoal".

Wanderley,  13 de setembro de 2009 15:34  

É verdade Brigadeiro...

Muito comum a gente ver homens e mulheres que mantêm um namoro ou mesmo casamento, mas o enxergam como uma situação passageira. E qualquer contratempo na vida a dois pode desencadear um processo de separação. "Quando surge a frustração, a pessoa vira as costas para o relacionamento. Não é à toa que a frase 'A fila anda' tornou-se uma máxima nos dias de hoje...

Brigadeiro 13 de setembro de 2009 15:37  

Wanderley...

Apesar de o individualismo ser cada vez mais marcante na personalidade das pessoas, há quem busque um amor consistente. E compartilhar a vida com alguém pressupõe fazer concessões e esforçar-se para rever a relação de tempos em tempos. "A necessidade das pessoas mudam, por isso, é importante que o casal reveja sempre a relação e restabeleça novos acordos. Só assim é possível a construção e manutenção do amor.

Sandra,  14 de setembro de 2009 11:08  

Gente é tão simples! se não quer ser fiel a vida toda não se case .... se tem medo de ser traído não se case....nossa que merda de mundinho em que vivemos, pra que se comprometer se não pode cumprir, só pra ferir ou ser ferido!

Robson,  14 de setembro de 2009 11:11  

É simples,se te trairem de o troco duas vezes seguidas e um pé na bunda do(a) infeliz e parta pra outra,qm n vive para servir,n serve para viver,qm n está pronto pra assumir um relacionamento,de cumplicidade multua,de respeito,verdade,carinho e compreenção,é imaturo demais e de fato n está pronto o suficiente pra se relacionar,pois só qr saber de farras,vadiagens sem compromisso,se não respeita a si próprio,pq é q respeitaria o outro?Quem n respeita a si,n pode respeitar o outro,passando de mão em mão,se deitando com qualquer,se arriscando a pegar uma doença e contaminar outro,ja q ngm usa camisinha na língua,tens todo o direito de fazer isso sozinho,com seu corpo,sua carne,mas não tem o direito de envolver uma outra pessoa inocente ao seu lado em toda essa sujeirada e podridão,nem de fazê-la perder tempo com essa imaturidade,acho que o parceiro tem o direito de ficar a par da situação e de poder fazer uma escolha pra sua vida tb,direitos iguais,é mais justo e menos egoísta,seja sozinho,com outro ou mesmo continuar mal acompanhado perdendo tempo com alguém,q prova todo o tempo q n o ama.

Brigadeiro 14 de setembro de 2009 11:18  

É galera e digo mais...

Ninguém é dono de outro ser. Cada pessoa dispõe da própria vida e do próprio corpo como bem quiser. No entanto, a traição é uma atitude compulsiva para uns, desvio de caráter para outros, autoafirmação para a maioria dos homens. Quem ama não trai e , se o casamento vai mal ou há falta de sexo, é melhor procurar entendimento ou a separação se for o caso.

Perdoar a traição é opcional. As mulheres, na ânsia de igualdade,também traem.

Os políticos traem o partido, o colega, o eleitor, o povo, o país. Há traição em todos os setores da vida brasileira. Precisamos de um choque geral de fidelidade.

Janis Lyn 14 de setembro de 2009 12:09  

Passei pra conhecer, parabéns pelo blog

bjs
http://diariodeumafocaemcrise.blogspot.com/

Rodox 14 de setembro de 2009 17:00  

Eu já fui um Abel, hj não sou maiss graças a deus tomei tento! Muito obrigado pela visita no proibidão, abraços e volte sempre que puder!

Neeto . 15 de setembro de 2009 16:24  

rsrs' eu ja passei por esas situações , já fui uma pessoa que não valia nada, ja fui corno (Abelzinho) kkk , mais como tudo na vida passa o meu nao foi diferente , acabou . Mais é com os nossos erros que aprendemos a dar valos a nos mesmos .


Adoreei seu blog ! :D

http://kbcaocaa.blogspot.com/
rsrs' entra noo meu depois

SERJAO_O_MARMANJJUS 16 de setembro de 2009 01:38  

AHAN...


pintou a casa? cara nova...
ficou bonito aqui ein...
show de bola...

Andrii ♥ 18 de setembro de 2009 08:28  

Ficou lindooh Seu blog reformado *__* Eu tb fiz uma mudancinha no Meu,

Eu não assisto Caminho das Indias, só assisto Malhação (AAAMOOO) não perco 1 dia *__*

Ah, eu tb assisto Vende-se um véu de noiva ^^

FabioZen 21 de setembro de 2009 18:57  

Olha enquanto existe a aceitação não há como condenar qualquer tipo de relação,por mais desgastante que seja!

Avassaladoras Rio 22 de setembro de 2009 08:39  

Querida amiga avassaladora..
Não assisti a novela, mas conheço a historia. Respondo com um verso:
"Toda forma de amor vale a pena"

Verdelone 22 de setembro de 2009 18:52  

Parabéns pelo blog e pelo tema abordado!!!

Menina... pq será que tdo mundo sempre esbarra em um amor complicadinho, né?!

Mas o bom é saber que no fim, tudo dá certo.. quando ainda n deu, é porque aquilo ainda não é o fim...=)

ADoreiii


www.ciadosbotecos.blogspot.com

mulherices 23 de setembro de 2009 04:06  

As novelas (dramaturgia do nível mais baixo que pode haver) trabalham com estereótipos totalmente exagerados, extremados.

Na vida real não há gente totalmente ruim ou totalmente boa. Difícil dizer que alguém "não vale nada": existem relações que não dão certo, gente que decepciona depois de algum tempo, gente que muda...

Garota em Apuros 23 de setembro de 2009 11:15  

Ótima postagem!

Muuuuuuuuitas vezes já gostei de alguém que não só não gostava de mim, como me ridicularizava! Dá uma olhada nas postagens 2 e 3 do meu blog para ver que surreal!!!!

http://diariodeumagarotaemapuros.blogspot.com

Beijos!

KGeo 23 de setembro de 2009 13:57  

desculpe mas n sei o que vc quer dizer eu não assisto o caminho das indias

Sopa 23 de setembro de 2009 18:06  

er... eu gosto de alguem qe nao vale nada DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD:

e poxa.. qe posso fazer,
mas há certas coisas qe nao dá pra tolerar.. assim sendo, agente gosta, mas tem limites...

intons, se nao respeita os limites, nao dá pra ficar junto

mas assumo qe gosto, e que ela nao vale NADA @_@

shduashduahsduahs. é isso XD

Postar um comentário

Os Comentários, são o seu espaço para dar sua opinião e complementar os debates sobre os assuntos que trato aqui no meu blog. Ou seja, você mesmo acaba formando sua opinião, eu apenas aponto o caminho.

Diga o que achou de verdade, estou aberta a elogios, e também as críticas, pois com elas poderei melhorar!
Blog Certas Coisas!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

  ©Template by Cine Tube On - Cinema Online. Alterado por Paula dona deste blog. No ar desde: 24/07/2009 Certas Coisas... -

TOPO